A FESPSP
Corpo Diretivo

A FESPSP é administrada pelas diretorias executiva e acadêmica e pelo Conselho Superior.

A Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo é dirigida por um Conselho Superior constituído por empresários, profissionais liberais, pesquisadores e professores universitários reconhecidos em sua área de atuação. Eleita pelo Conselho Superior, a Diretoria Executiva é responsável pela gestão administrativa, financeira e jurídica da FESPSP. Os membros da Diretoria Executiva e os diretores das unidades mantidas — Escola de Sociologia e Política de São Paulo, Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Escola Pós-Graduada de Ciências Sociais, Instituto de Estudos Municipais e Instituto Walter Leser de Estudos da Saúde — implementam o planejamento estratégico, as diretrizes educacionais e os projetos desenvolvidos na instituição deliberados pelo Conselho Superior.

 

CONSELHO SUPERIOR DA FESPSP

Angelo Del Vecchio (Presidente)

Pedro Luiz Guerra (Vice-Presidente)

Francisco Aparecido Cordão (Vice-Presidente)

José Carlos Quintela de Carvalho (Vice-Presidente)

Aparecida Neri de Souza (Secretária)

Ubiratan de Paula Santos

Cláudio José de França e Silva

Amarilis Prado Sardemberg

Vicente Carlos Y Plá Trevas

José Castilho Marques Neto

Aluisio Almeida Schumacher



Diretoria Executiva

Diretora Geral – Lais Cristina da Costa Manso Nabuco de Araújo

Vice-Diretor Geral – Romeu Nami Garibe

Diretor Tesoureiro – Almiro Vicente Heitor

Diretora de Projetos - Maria Cristina Barboza



Unidades de Ensino

Diretora e Coord. do Curso Sociologia e Política – Profª Drª Carla Regina Mota Alonso Diéguez

Diretora e Coord. do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação – Profª Drª Valéria Martin Valls

Diretor e Coord. do Curso de Administração – Prof. Dr. Douglas Murilo Siqueira

 

 

Destaques
História Nossa história se relaciona diretamente à cidade de São Paulo e ao desenvolvimento social do Brasil.
Missão e Princípios Nossa missão é produzir, reconstruir e disseminar conhecimentos para formar cidadãos capazes de contribuir para o desenvolvimento social do País.