Notícias
Os desafios do SUS em São Paulo

Evento promove debate sobre aprimoramento dos contratos de gestão, além de estudos de casos internacionais para melhoria na qualidade dos serviços prestados por Organizações Sociais

25/06/2019

Seminário discute experiências locais e internacionais para parcerias na prestação dos serviços públicos de saúde.

Seguindo a diretriz de buscar sempre o aprimoramento da gestão que resulte em melhoria da qualidade dos serviços de saúde, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo em parceria com a FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, promovem nesta quinta-feira (27), o seminário “Os desafios do SUS em São Paulo: as parcerias com Organizações Sociais ”.

O evento ocorre no Braston Hotel São Paulo e conta com a participação de importantes especialistas internacionais da LSE Health, ligada à London School of Economics and Political Science . A experiência britânica em parcerias na prestação dos serviços públicos de saúde, que é referência internacional, será apresentada com as palestras do professor do departamento de Economia da Saúde Alistair Mcguire e também do Professor Dr. Tom Aslan, mestre em Políticas de Saúde e Economia pela LSE, que irão abordar as principais características, experiências e inovações do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS). A programação do evento irá também propor painéis com aspectos comparativos com as experiências locais acumuladas, sobretudo nos contratos de gestão, firmados entre a administração pública da Saúde e as Organizações Sociais.

O seminário vai analisar o modelo atual de monitoramento destes contratos e oferecer um espaço comum de reflexão e proposição de melhorias. Atualmente, 633 equipamentos de saúde do município são administrados por nove parceiros, totalizando 22 Contratos de Gestão. A Secretaria tem a obrigação de acompanhar estes contratos e zelar para que a população receba os serviços de saúde de forma cada vez mais adequada.

“As OS dão uma contribuição importante para a Saúde de São Paulo, e a atual gestão vem aprimorando as ferramentas de gestão para garantir atendimento de qualidade ao cidadão da capital, mas ainda há espaço para melhorar as formas de controle nos contratos de gestão firmados com estas entidades.”, afirma o secretário municipal da Saúde Edson Aparecido.

O seminário irá ainda avaliar as possibilidades de aprimoramento do modelo de acompanhamento que é feito em três dimensões: quantitativo, equipe mínima e indicadores de qualidade. As reflexões oriundas dos painéis, devem considerar temas como: desempenho na contratualização de serviços; qualidade; estrutura de incentivos; medição da satisfação de usuários; fontes de informações e indicadores; construção e coerência dos indicadores; remuneração variável; e competição administrada entre as prestadoras .

Sobre os palestrantes:
Prof. Alistair McGuire é coordenador de Economia da Saúde no Departamento de Política de Saúde da London School of Economics and Political Science (LSE). Foi professor de economia na City, University of London e na Universidade de Oxford. McGuire também foi professor visitante na Universidade de Harvard, na Universidade de Sydney, na Universidade de York e na Universitat Pompeu Fabra, em Barcelona .

É conselheiro de diversos órgãos públicos e governos, incluindo Governo do Reino Unido, Comissão Britânica de Competitividade, Conselho Britânico de Pesquisa Médica (MRC), comitês do Instituto Nacional de Excelência em Saúde (NICE), Instituto Alemão de Qualidade e Eficiência em Saúde (IQWiG), Governo da Suécia, Coréia do Sul, México e Colômbia, além de organizações internacionais, como Banco Mundial, Organização Mundial da Saúde (OMS) e Fundo Monetário Internacional (FMI) e de seguradoras e farmacêuticas. É autor de diversos livros e publicou mais de 150 artigos sobre economia da saúde.

Dr. Tom Aslan é clínico geral com mais de 20 anos de experiência, mestre em Políticas de Saúde e Economia pela London School of Economics and Political Science (LSE), possui especial interesse no planejamento e licitação de serviços de saúde e em sistemas integrados. Já atuou em diferentes regiões do Reino Unido e Nova Zelândia, em diversas especialidades clínicas, tanto em hospitais como na rede básica de saúde. É membro do conselho da federação das unidades de atenção primária - Haverstock Health. Também integrou o comitê de avaliação do NICE (Instituto Nacional de Excelência em Saúde do Reino Unido) por 5 anos.

Além da participação direta do secretário da saúde está confirmada também a presença do Prefeito Bruno Covas. O evento está com as inscrições esgotadas, mas os organizadores estão aceitando inscrições para lista de espera, que devem ser feitas por meio do link: http://bit.ly/seminario27.

Serviço:
Data: 27 de junho de 2019
Horário: Das 8h30 às 17h45
Local: Braston Hotel São Paulo – Sala Topázio
Rua Martins Fontes, 330.

Saiba mais aqui.

Galeria de Imagens
Mais Notícias
Docente da FESPSP participa de programa da TVT Prof. Dr. Paulo Silvino Ribeiro esteve no Bom Para Todos
Reportagem fala sobre absurdos nos anestesiarem UOLTab conversou com o Prof. Me. Hilton Cesário Fernandes