Notícias

Notícias


Infraestrutura Sustentável

31/07/2014

Manutenção do Campus FESPSP utiliza água de reuso

A limpeza do Campus FESPSP e a rega de seus jardins é feita com água de reuso, tanto de chuva quanto aquela captada pelas bombas que impedem o alagamento do subsolo do novo prédio.

A limpeza do Campus FESPSP e a rega de seus jardins é feita com água de reuso, tanto de chuva quanto aquela captada pelas bombas que impedem o alagamento do subsolo do novo prédio.

Antes mesmo da crise de abastecimento de água que estamos vivenciando, a FESPSP já fazia uso consciente de água. Desde a inauguração do novo prédio, todo serviço de manutenção e limpeza que necessita desse bem natural cada vez mais raro é feito com água de reuso que fica armazenado nas duas cisternas que ficam sob os jardins da frente do Campus.

Graças a essa reserva foi possível durante o mês de julho, em plena crise de abastecimento de água, a lavagem da parte externa do prédio, que já estava ficando suja por ação do tempo e da poluição da cidade. Foram 10 dias de trabalho com pessoal especializado e treinados em rapel para a limpeza das paredes externas e brises do prédio, explica Ana Alice Reis de Alcântara, responsável pela manutenção física do Campus. “Assim, no início das aulas a comunidade acadêmica poderá ser recebida com um prédio limpo e com a manutenção em dia”.

Sobre a água de reuso

A FESPSP possui duas cisternas, que somadas tem a capacidade para armazenar 30 mil litros, essa água tem origem na captação pluvial (água de chuva) e no bombeamento da água que infiltra o subsolo do prédio, apesar de estudos na época da construção não foi possível desviar toda água subterrânea, e parte dela acaba brotando no subsolo do prédio, por se tratar de imprópria para consumo, ela acaba sendo utilizada como água de reuso.

É comum essa água ser bombeada como água fluvial para rua, por mais que se utilize na manutenção, boa parte é descartada, ainda na época da construção, cogitou-se utilizá-la intensivamente como água de descarga, no entanto a alteração no projeto não seria viável do ponto de vista técnico porque o prédio não suportaria a carga de uma caixa d’água no topo do prédio e atrasaria muito o cronograma da obra.




Veja Mais

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Seminário FESPSP 2017
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!