Notícias

Notícias


#SeminarioFESPSP

04/10/2017

GT04 – Educação, Literatura e Sociedade

Na primeira mesa, coordenada pelos professores Derick Casagrande Santiago (FESPSP) e Eliana Asche (FESPSP), três pesquisadores apresentam seus trabalhos.

As atividades do Seminário FESPSP 2017 continuam e as discussões sobre As Incertezas do Trabalho perpassam todas as áreas do conhecimento que fazem parte da expertise da Fundação. Na primeira reunião do Grupo de Trabalho 04, nesta quarta-feira, 4 de outubro, os pesquisadores Leonela Souza de Oliveira (FESPSP); Gillian Meira, Pietro Braz e Carlos Adão (FESPSP); e Ricardo Gustavo Garcia de Mello (USP) submeteram seus trabalhos para discussão. A mesa foi coordenada pelos professores Derick Casagrande Santiago e Eliana Asche, ambos da FESPSP. O professor Ivan Russeff, pós-doutor em Educação e docente no curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação da FESPSP foi convidado para debater os temas desta mesa, intitulada Linguagem literária, interpretação da realidade e difusão da literatura.

 

Em sua pesquisa intitulada “O papel social da biblioteca pública na difusão da literatura afrobrasileira”, Leonela Souza de Oliveira, graduanda pela FESPSP, falou sobre “a compreensão do papel social da biblioteca pública na sociedade, desde a sua concepção declarada em documentos norteadores que revelam sua missão regulamentada pela legislação que a rege e tecendo suas, funções que a torna um equipamento público. Contextualizando sua função social na difusão da literatura afro-brasileira, que vem ganhando notoriedade ao revelar a história do negro brasileiro ao trazer à tona, a história dos afrodescendentes e sua memória cultural e social que faz parte da história do Brasil”.

 

Já os graduandos Gillian Meira, Pietro Braz e Carlos Adão, todos da FESPSP, dissertaram sobre “As pétalas de Guimarães Rosa: a linguagem e o alquimismo literário”, onde verificaram que “o autor que serviu ao Brasil como diplomata e como Doutor Rosa na medicina. Guimarães Rosa instrui o leitor a reparar no que é além das superfícies metropolitanas brasileiras, mesmo o sertão sendo tudo, em seus contos a alma simples doo povo humilde ganha viés de mar. O povo simples torna a ser complexo nos Hipotrelicos do mineiro das gerais brasileiras.  O homem que levava Cordisburgo ao mundo, acentua-se como chave para entender os problemas do mundo que se travestem nos seus contos.  A linguagem literária do João é capitalizada pelos neologismos e um uso peculiar das letras portuguesas. Com o intuito de entender a língua nacional, estudou diversas línguas . Todavia, ao mesmo que é complexo, é fluído em mesmo tanto. Guimarães Rosa como entendedor de tudo (até da morte própria) vai além de ser brasileiro, comporta-se mais como brasiliano”.

 

Ricardo Gustavo Garcia de Mello, pesquisador da USP, falou sobre “Um romance sobre os últimos sobreviventes de uma terra sem despedida”, sua pesquisa que trata sobre “Nélida Piñon em sua obra Fundador (1969) trata da importância da tradição como um marco fecundo e necessário para fundamentar o imaginário coletivo e intelectual, ao demonstrar os desafios que o Fundador, personagem literário, encontra diante da sua empreitada de fundar uma cidade/sociedade. Nesta obra Piñon demonstra como a consciência do marco fundador forneça informações sobre a origem, pertença e destino de uma coletividade, operando como o ponto cardial da tradição. A tradição é o conjunto de experiências e conhecimentos seletivamente acumulados ao longo das gerações que deve ser herdado e transmitido à posteridade”.

 

Seminário FESPSP 2017

 

Tradicional no calendário de eventos de pesquisas acadêmicas, o Seminário FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo) na edição 2017 discutirá as Incertezas do Trabalho, em um momento singular na política nacional e no cenário global, em meio a discussões de Reformas Trabalhistas e Previdenciárias em vários países e à aproximação de uma 4ª Revolução Industrial, que já está mudando a forma como lidamos com o trabalho, de formas positivas e negativas. As Conferências, os minicursos, os grupos de trabalho e as reuniões da Cicla das 5 acontecerão entre os dias 2 e 5 de outubro, no campus FESPSP (Rua General Jardim, 522 – Vila Buarque – São Paulo/SP). Saiba mais sobre a programação e as inscrições aqui.

 



Veja Mais

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Cursos Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Seminário FESPSP 2017
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!