Notícias

Notícias


Lançamento

28/11/2018

Desigualdade na cidade de São Paulo teve poucas alterações desde 2013

Lançamento do Mapa da Desigualdade 2018 aconteceu na manhã desta quarta-feira, 28 de novembro, na FESPSP.

O índice de desigualdade nas diversas regiões da cidade de São Paulo não sofreu alterações significativas no último quadriênio, aponta pesquisa realizada pela Rede Nossa São Paulo com dados de diversas áreas do cotidiano da metrópole.

 

Sociólogo formado pela FESPSP e gestor de projetos na Rede Nossa São Paulo, Américo Sampaio destaca que os dados não tiveram grandes alterações nas últimas quatro pesquisas. “Desde 2013 não houve alteração significativa. Por mais que algumas políticas tenham melhorado, no plano geral essa é uma desigualdade estrutural que organiza a cidade de São Paulo como um todo”, conta.

 

As poucas alterações significativas podem ser percebidas na diminuição da diferença entre os distritos no que diz respeito a mortalidade infantil, gravidez na adolescências, pré-natal e atendimento na pré-escola. Porém, a diferença aumentou na oferta de leitos hospitalares, em acidentes com bicicletas e no número de mortes no trânsito. “O Mapa da Desigualdade evidencia em quais áreas é necessário maior atenção das autoridades públicas”, explica Sampaio. Os dados da pesquisa, lançada na FESPSP nesta quarta-feira, são referentes ao ano anterior (2017) e estão disponíveis em: https://bit.ly/2PX8Hho

 

“O principal valor da democracia é a igualdade. Se não houver igualdade, não há direitos, e a democracia é um regime de direitos”, declarou o Prof. Dr. Aldo Fornazieri, cientista político e coordenador do curso de pós-graduação em Globalização e Cultura da FESPSP, na abertura do evento, destacando que não apenas no Brasil, mas no mundo, a democracia e a igualdade estão em questionamento.

Fornazieri também falou sobre a importância para a FESPSP da parceria com a Rede Nossa São Paulo, “uma das mais importantes instituições da sociedade civil” e reiterou os princípios da FESPSP: “uma universidade deve ser aberta à sociedade porque o saber não pode ficar enclausurado dentro das nossas paredes. Somente uma instituição com portas abertas é uma instituição de ensino efetiva”.

 

O lançamento, seguido por um debate com especialistas, contou com a presença de autoridades públicas, entre elas, o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy, o que demonstra a importância deste levantamento para pensarmos a cidade. “Nossos dados nos estimulam muito para atuarmos fortemente nas políticas públicas, pois não são dados pontuais, eles buscam aplicabilidade. Além desta pesquisa, a Rede realiza pesquisas mensais com temas importantes para evidenciarmos a percepção dessas políticas”, explicou Jorge Abrahão, coordenador da Rede Nossa São Paulo.


Assista na íntegra:

Texto e fotos: Rodrigo Carani






Veja Mais

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Seminário FESPSP 2017
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!