Notícias

Notícias


Cinema na FESPSP

07/11/2014

Curtas do Festival ENTRETODOS serão exibidos na FESPSP

O Campus FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo) será no dia 7/11 um 57 dos pontos de exibição da 7ª. Edição do Festival de Curtas Metragens sobre Direitos Humanos ENTRETODOS.

O Campus FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo) será no dia 7/11 um 57 dos pontos de exibição da 7ª. Edição do Festival de Curtas Metragens sobre Direitos Humanos ENTRETODOS.

O Festival de Curtas Metragens em Direitos Humanos ENTRETODOS chega a sua 7ª edição. Realizado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) e organizado pela FESPSP.

O evento tem como objetivo fomentar a cultura de Direitos Humanos e estimular a produção audiovisual como meio educativo e gerador de debates acerca dos Direitos Humanos. Nesta edição o tema foi Cidadania Cultural.

O ENTRETODOS 7, acontece de 03 a 07 de novembro em 57 pontos de exibição espalhados por todo o município, contemplando equipamentos públicos de Cultura e Educação, além de espaços de coletivos e organizações da sociedade civil. Este ano o Festival recebeu 397 filmes, o maior número de inscritos entre todas as edições. Destes 29 filme foram selecionados para a mostra que totalizará 274 exibições.

Conheça a programação que ocorrerá na FESPSP com o apoio do Cineclube Darcy Ribeiro:

 

 


Programação (FESPSP – Cine Darcy Ribeiro)

07 de novembro / sexta-feira
Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo - Cineclube Darcy Ribeiro
19h00 – Bloco Incêndios
Local: Auditório FESPSP

Após a exibição dos curtas haverá conversa com o diretor do curta metragem Tiago Pereira

Membros convidados que irão compor a mesa:
Leandro Beguoci
Jornalista, editor-chefe da F451, editor do Oene, professor da FAAP e da Escola São Paulo e sócio da OrbitaLAB.

Alexandre Barbosa Pereira
Antropólogo e Professor da Unifesp.

MC Spyke
Joeliton Santos, 25 anos. Enquanto corre atrás de shows e outras maneiras de divulgar sua música, também trabalha como eletricista.

MC Preto
Paulo Campos Silva, 24 anos, divide seu tempo entre a divulgação do Bonde, da sua música e o trabalho como eletricista.

Sinopse do Bloco Incêndios:

“LIBERTÉ-ÉGALITÉ-CHEVEUX LISSÉS” - dir: Elefterios Zacharopoulos – França
Sinopse: Era fim de tarde, um metrô lotado. Quantas pessoas já se sentiram assim? Você? Eu? Nosso vizinho? A heroína da nossa história chega em casa exausta do seu dia, mas hoje, ela não está sozinha

“BRASIL” - dir: Agnes Vilseki – Brasil
Sinopse: Esta é uma noite excitante na vida de Nelson e Lucas: ambos se preparam para marchar até a sede do governo. Nelson é policial do batalhão de choque da polícia militar. Lucas, seu irmão, prepara cartazes e coquetel molotov a fim de inflamar as multidões.

“COLLATERAL VICTIMS” - dir: Harsen Art - Itália
Sinopse: O curta mostra passo a passo, o trabalho realizado pelo artista, Harsen, para pintar 'vítimas colaterais'. O nome é inspirado no filme 'Assassinato Colateral', que vazou no WikiLeaks. Um artista anônimo produz uma representação do terror causado por ataques de drones norte-americanos no Iêmen e no Paquistão.

“ROLEZINHOS” - dir: Tiago Pereira e Victor Dias – Brasil
Sinopse: Os rolezinhos foram um fenômeno que causou alvoroço no final do ano de 2013 e início de 2014 com encontros organizados por jovens moradores de periferia nos shoppings de São Paulo.

“10/05/2012” – dir:
Sinopse: Minha tia me disse um dia que um vizinho da gente tinha TOC.

“GERU” - dir: Fábio Baldo – Brasil
Sinopse: Em seu aniversário de 100 anos, Zé Dias decide confiar sua vida à uma câmera.

Sobre o Festival

 

Premiação: Categorias

1. Melhor Curta-Metragem: Prêmio do Júri Oficial
2. Melhor Curta-Metragem: Prêmio do Público
3. Melhor Roteiro: Prêmio do Júri Oficial
4. Cidadania Cultural: Prêmio do Júri Oficial
5. Visão Social: Prêmio do Júri Oficial
6. Educação em Direitos Humanos: Prêmio do Júri Oficial

Cerimônia de Premiação / Encerramento - CINESOLAR

A Cerimônia será no dia 08 de novembro, às 18h00 no Centro Cultural São Paulo – CCSP. Nesta ocasião, após a Cerimônia serão exibidos os curtas metragens vencedores no jardim suspenso do CCSP. A exibição dos curtas será realizada pelo CINESOLAR – Primeiro cinema itinerante do Brasil que utiliza energia solar como fonte de energia para as projeções.

Os selecionados para a Mostra Competitiva são:

“Jairboris” de Lincoln Péricles ( Brasil)
“Contos da Maré” de Douglas Soares (Brasil)
“Os Irmão Mai” de Thais Fujinaga ( Brasil)
“Se” de Ian Capillé (Brasil)
“Humanexus” de Ying-Fang Shen (EUA)
“Art.II” de Lê Gozze Batista Terrero (Brasil)
“Embaraçadas” de Paulo Sena (Brasil)
“Lady Burka” de Pablo Morales de los Ríos (Espanha)
“La lampe au beurre de yak” de Wei Hu (China)
“The Voice of God” de Bernd Lützeler (India)
“Joyeux anniversaire” de Isabelle Gerbaud (France)
“No devagar depressa dos tempos” de Eliza Capai (Brasil)
“Black Bloc - A Story of Violence and Love” de Noé Vitoux (Brasil)
“Arosake Chiniye Baba” de Ali Zare Ghanatnowi (Irã)
“Uma Casa, Uma Vida” de Alexandre Lemos, Edu Yatri Ioschpe, e Rodrigo Soares (Brasil)
“The Man Who Killed God” de Noé Vitoux (Brasil)
“Liberté Égalité – Cheveus Lissés” de Elefterios Zachaoulos (França)
“Brasil” de Aly Muritiba (Brasil)
“Collateral Victims” de Harsen Art (Itália)
“10/05/2012” de Álvaro Andrade ( Brasil)
“Rolezinhos” de Tiago Pereira e Victor Dias (Brasil)
“Geru” de Fábio Baldo (Brasil)
“Goran” de Roberto Santaguida ( Sérvia)
“No Hay Pan” de Macarena Monrós (Chile)
“Somos Amigos” de Carlos Solano Pérez (Espanha)
“Bendito Machine V – Pull The Trigger” de Jossie Malis (Espanha)
“Contratempo” de Bruno Jorge (Brasil)
“Tum Tum – Som de Batuque” de Bruno Martins (Brasil)
“Der Hamstermann” de Christof Görs (Alemanha)

Equipe

O Entretodos desta edição é realizado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania - SMDHC e Secretaria Municipal de Cultura - SME. A equipe da FESPSP é:

Coordenação
Jorge Grinspum

Curadoria
Manu Sobral
Jorge Grinspum

Produção
Robson Antinhani

Diretor de Arte e Design Gráfico:
Diego Ribeiro – Id Eggo

Vinheta e Website:
Tiago Galvão

Dois números relevantes e recordes: 1) 57 pontos de exibição; 2) Ao todo serão 274 exibições.

Troféu “ENTRETODOS”

Artista que irá confeccionar o 'Troféu Entretodos:
Jean Freitas

Neste ano, o Troféu “ENTRETODOS” será desenvolvido pelo artesão Jean Humberto Freitas, ocupante da Casa Amarela – Atelie Compartilhado, na cidade de São Paulo, um importante espaço público e gratuito para a produção e difusão das artes, onde inúmeros artistas e coletivos das mais diversas linguagens produzem os seus trabalhos e se apresentam.

Jean propõe, a produção do Troféu utilizando materiais descartados de informática e eletrônicos, como celulares, cartuchos de impressoras, carregadores, entre outros, buscando incorporar esta identidade na confecção dos troféus.

Premiação: Categorias

1. Melhor Curta-Metragem: Prêmio do Júri Oficial
2. Melhor Curta-Metragem: Prêmio do Público
3. Melhor Roteiro: Prêmio do Júri Oficial
4. Cidadania Cultural: Prêmio do Júri Oficial
5. Visão Social: Prêmio do Júri Oficial
6. Educação em Direitos Humanos: Prêmio do Júri Oficial

Cerimônia de Premiação / Encerramento - CINESOLAR

A Cerimônia será no dia 08 de novembro, às 18h00 no Centro Cultural São Paulo – CCSP. Nesta ocasião, após a Cerimônia serão exibidos os curtas metragens vencedores no jardim suspenso do CCSP.
A exibição dos curtas será realizada pelo CINESOLAR – Primeiro cinema itinerante do Brasil que utiliza energia solar como fonte de energia para as projeções.

Jurados:

Alessandro Santos - Professor do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, atuando nas linhas de pesquisa: Processos Psicossociais Básicos - Relações Indivíduo-Grupo e Psicologia Social, Saúde Coletiva e Política.

Francisco César Filho -Cineasta e curador nascido em São Paulo, Francisco Cesar Filho dirigiu os longas-metragens “Augustas” e “Futuro do Pretérito: Tropicalismo Now!” (co-dirigido por Ninho Moraes), além de diversos documentários, séries e programas televisivos. É diretor do Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo e curador da Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul e da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental.

Gil Marçal - Diretor da área de Cidadania Cultural da Secretaria Municipal de Cultura e do Programa VAI de Incentivo à Cultura.

Ivan Marsiglia - Jornalista e bacharel em ciências sociais, com especialização na Fondation Journalistes en Europe (Paris). Foi repórter e editor da revista Playboy, redator-chefe da Trip e assessor da Secretaria de Imprensa e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Atualmente é editor-assistente do caderno Aliás do jornal O Estado de S. Paulo.

Lucia Murat - Nascida no Rio de Janeiro, Lucia Murat fez parte da luta contra a ditadura civil-militar do Brasil, presa e torturada nos porões das forças de segurança. Essa experiência exerceu forte influência no seu trabalho como cineasta, onde retomou o tema em longas como “Que Bom Te Ver Viva” (1989), “Uma Longa Viagem” (2011) e o premiado internacionalmente “Quase Dois Irmãos” (2004).

Oswaldo Santana - Oswaldo Santana é um editor de filmes e ator, conhecido pelo seu trabalho de edição em “Bruna Surfistinha” (2011), “Ginga” (2005) e o documentário “Tropicália” (2012).

Rafael Carvalho - Formado em Letras pela FFLCH/USP. Mestre em Literatura Brasileira pela mesma faculdade, foi programador da Cinemateca Brasileira durante mais de sete anos, período no qual idealizou e produziu diversos ciclos e retrospectivas de cinema brasileiro e estrangeiro. Foi também Coordenador de Difusão da instituição. Atualmente, é programador de cinema e diretor de programação do Departamento de Expansão Cultural (DEC) da Secretaria Municipal de Cultura.

Tata Amaral - A paulistana Tata Amaral é uma das mais talentosas e premiadas realizadoras brasileira. Conquistou mais de 60 prêmios em festivais nacionais e internacionais com seus filmes. A cineasta também se destaca pela experimentação e pela originalidade de seus trabalhos, em longas-metragens e séries para a televisão como 'Um Céu de Estrelas' (1997), considerado pela crítica como um marco do cinema brasileiro; 'Antônia' (2006), que inspirou a série de televisão homônima exibida na Rede Globo; 'Trago Comigo' (2009) e 'Hoje' (2013). Lançou também, em 2007, o livro 'Hollywood, depois do terreno baldio', que reúne 56 contos que retratam o universo da periferia urbana sob o seu olhar, e se dedica a escrever em seu blog hospedado no portal do Estadão (http://blogs.estadao.com. br/tata-amaral/), no qual narra suas deambulações por São Paulo (e outras cidades) e comenta o espaço urbano a partir de seu ponto de vista.




Veja Mais

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Seminário FESPSP 2017
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!