Cursos de Extensão

Cursos de Extensão

Raça, povo e nação no Brasil: do “paraíso dos mulatos” ao “cativeiro social”

< voltar

O Brasil, país situado num território que foi o epicentro da escravidão no mundo moderno, construiu, em grande medida, suas ideia de povo e de nação a partir dos suas contradições étnico-raciais. Os debates acalorados sobre escravidão, cor, raça e força de trabalho, assimilação, extermínio e preservação cultural afro-indígena não fizeram parte, contudo, apenas da oratória de antigos intelectuais do império e dos primeiros anos da nossa república. As dinâmicas de celebração da cultura expressiva e de controle étnico-racial são temas vivos e inquietantes até hoje, encontrando-se diariamente nas agendas políticas, nas notícias e no cotidiano do Brasil.

Neste curso acompanharemos a construção das ideias conjuntas  de raça, povo e de nação, sempre fazendo relações entre os debates históricos e o nosso momento atual. Serão revisitados, dessa forma, desde os clássicos do pensamento racial e nacional brasileiro (Joaquim Nabuco, Sylvio Romero, Mário de Andrade, Gilberto Freyre, Abdias do Nascimento, etc.) até  o desenvolvimento das ações afirmativas, as discussões sobre patrimônio imaterial e os assassinatos recentes de lideranças políticas negras e indígenas.

 



clique para expandir
Objetivos

O objetivo principal deste curso é familiarizar os alunos com as principais ideias que nortearam os debates raciais e a problemática nacional no Brasil dos últimos dois séculos, sempre relacionando-as com as discussões e os dilemas do momento atual. 

O curso têm, ainda, 2 objetivos secundários de caráter prático-imediato. São eles: 

  • Apresentar aos alunos, em caráter introdutório, um panorama da literatura especializada sobre o assunto, com seus principais autores e suas discussões-chave;
  • Chamar a atenção dos mesmos para as dimensões sócio-raciais que permeiam continuamente a política e a vida cotidiana no Brasil.
Público Alvo

Estudantes, pesquisadores, gestores públicos e privados,  professores e  interessados em geral.

Conteúdo Selecionado
  • A persistência do racismo – A violência no Brasil e sua seletividade racial. A assimilação cultural generalizada e a rejeição das demandas étnicas particulares;
  • A posse e o domínio Demografia, escravidão e propriedade na América Portuguesa e no Brasil imperial.  Pureza de sangue, posse e domínio no mundo colonial ibérico;
  • As vanguardas do retrocesso – A independência nas Américas e o nacionalismo. A abolição nas últimas sociedades escravocratas: Cuba, Brasil e Estados Unidos. A construção de ideologias raciais-nacionais nesses três países;
  • O Racismo Científico – O racismo científico de Gobineau à Nina Rodrigues.  Projetos de branqueamento. Os defensores da eugenia: Oliveira Viana, Roquette-Pinto e Ellis Junior; 
  • A característica nacional do Brasil – A questão do negro e da força de trabalho pós-abolição: Joaquim Nabuco. A mestiçagem em Sylvio Romero, Euclides da Cunha e Gilberto Freyre. Jorge Amado e o campo de estudos afro-brasileiros;
  • A Arte Negra – João do Rio, Manuel Bandeira e Mário de Andrade. Samba e ambiguidade racial. Os bailes blacks, os blocos afro e o surgimento do MNU;
  • Singular nostalgia – Os museus do negro e da escravidão. Análise dos filmes “O Fio da Memória” de Eduardo Coutinho (1991), “Que horas ela volta” de Anna Muylaert (2015) e do samba-enredo “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?” da Paraíso do Tuiutí (2018);
  • A busca por uma autonomia possível – Abdias do Nascimento e o modelo do quilombismo. A etnogênese afro-indígena no século XX: dos sertanistas e antropólogos aos líderes étnicos. Processos de patrimonialização.

 

Processo Seletivo

PROCEDIMENTO PARA INSCRIÇÃO
    ​
A inscrição não garante a efetuação da matrícula. A matrícula nos cursos somente será efetivada após o pagamento da primeira parcela ou do valor integral. 


REGRAS GERAIS

  • A matricula somente será efetuada após o pagamento, ou seja, o preenchimento da ficha de inscrição não garante sua vaga no curso;
  • Caso não seja atingido o mínimo necessário de inscrições para a realização do curso, a FESPSP tem o direito de cancelar a realização do mesmo. Caso esta situação ocorra, existe a possibilidade do aluno manter o valor pago como crédito para realizar o mesmo curso em nova data ou escolher outro curso. O crédito poderá ser utilizado pelo aluno no prazo máximo de 12 (doze) meses. Se o aluno preferir o reembolso, haverá devolução integral do valor pago;
  • No caso da ocorrência de cancelamento do curso por insuficiência de alunos, a comunicação será realizada através de email;
  • O não comparecimento do aluno às aulas não o exime do pagamento;
  • Todos os alunos com frequência mínima de 75% (setenta e cinco) do total das aulas ministradas, receberão o certificado de conclusão de curso;
  • Mais informações pelo telefone 3123-7800 ou 3123-7823 ou pelo email extensao@fespsp.org.br

COMPARTILHE
Inscrições encerradas Coordenação
Carga Horária
32h
 
Data
Início: 12 de Maio de 2018. 
Término: 07 de Julho de 2018.
 
Docentes
Vítor Queiroz
 
Duração
8 aulas
 
Horário
Sábados, das 09h às 13h
 
Investimento
R$1.114,00
 
Opções de pagamento:
3x de R$371,33 no boleto ou 4x de R$278,50 no cartão de crédito.
 
Descontos
Alunos FESPSP possuem 40% de desconto;
Sócios CartaCapital, Ex-alunos e instituições conveniadas 20%.

 

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Seminário FESPSP 2017
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!